MULTICULTURAL

CONSTRUÇÃO: POÉTICAS E MOVIMENTO

CONSTRUÇÃO: POÉTICAS E MOVIMENTO

Processo criativo compartilhado a distância. Workshop de criação e composição voltado para pessoas interessadas no movimento e suas possibilidades cênicas.

 

Como transformar palavras em movimento? O quanto é possível expressar a materialidade da palavra com a subjetividade do corpo? Esses são os questionamentos desse processo e o caminho a ser trilhado sem necessariamente chegarmos a uma resposta conclusiva. A ideia é experimentar e gerar um material para apresentação de uma cena curta para cada participante ao mesmo tempo em que criamos juntos uma teia de acontecimentos gerando assim uma dramaturgia com o todo.

 

Com caminhos percorridos no teatro, no circo e na dança João Mandarino traz seu olhar sobre o corpo na cena e as possibilidades de criar a partir de seu objeto de pesquisa, a dança com elementos acrobáticos. Inspirados pelas palavras de grandes autores e por nossas próprias palavras (por que não?) vamos gerar frases de movimentos e explorações do espaço a fim de criar essa multidisciplinaridade cênica. Brincando de recortar e colar essas linguagens, sem a pretensão de classificar o produto final, abraçando a potência do não saber e jogando com as possibilidades que o áudio visual nos traz nesse momento.

 

Durante o desenvolvimento das atividades o processo contará ainda com a colaboração da diretora artística da Intrépida Trupe, BETH MARTINS, e da bailarina, preparadora corporal e coreógrafa LAVÍNIA BIZZOTTO.

 

Mini Bio:

 

Dança - Angel Vianna, em 2017.

 

Formado no curso técnico profissionalizante de atores da CAL (Casa das Artes de Laranjeiras) em 2010. Mais de 60 horas de aulas no PeridanceCapezio Center em Nova York, 2016.

 

De Junho de 2012 à Agosto de 2013 integrou a Cia Lúmini de Dança no Rio de Janeiro. Com a Cia se apresentou em Osasco e Campos do Jordão (SP), em Brasília (DF), em Recife (PE) e em Las Vegas (Nevada, USA). Primeiro Lugar no WORLD DANCE MOVEMENT INTERNATIONAL COMPETITION, CastellanaGrotte – Itália, com o Solo Poeira em Julho de 2015 e segundo lugar no mesmo evento com o Duo MortDansé, em parceria com a bailarina Luisa Heilbron. Intérprete criador da obra "Dançar (não) é preciso", com direção e coreografia de Esther Weitzman, estreou em 2016 e segue sendo apresentado no Rio de Janeiro e em outros estados do Brasil. Integrante da Companhia Motirô, criada em Março de 2018, tendo estreado seu segundo trabalho “Catarse” na cidade do Porto, Portugal, em julho de 2018. E se apresentando em Lisboa nesse mesmo mês.

 

Desenvolve sua pesquisa a partir da movimentação do universo da capoeira, um estudo sobre o fluxo, os movimentos acrobáticos e a circularidade presentes. A capoeira enquanto mais uma ferramenta na formação somática do Bailarino e do Ator Contemporâneo.

 

Datas:

                Aulas - 11 a 25/janeiro (SEG e QUA);

                Mostra Online- 30/janeiro.

 

Público Alvo:

 

Artistas e estudantes de Dança, Pole Dance, Contorção, Acrobacia, Circo e Teatro.

 

| PRÉ-REQUISITO |

 

- Maiores de 18 anos;

 

- Ser estudante de Dança, Pole Dance, Contorção, Acrobacia, Circo ou Teatro, ou ainda, já atuar profissionalmente em um desses seguimentos.

 

Valores:

Valor Promocional: R$ 130,00*

 

Valor Sugerido: R$ 160,00

 

Valor Apoiador: R$ 190,00

 

* O valor promocional será limitado apenas para os 4 primeiros a se inscreverem e realizarem o pagamento à vista;

CONSTRUÇÃO: POÉTICAS E MOVIMENTO

Aulas:

Janeiro

A partir de R$ 130,00