MULTICULTURAL

Fundição Verde

A Fundição Progresso sempre foi um centro cultural orgânico, no sentido mais lúdico da palavra: um espaço que se desenvolve de maneira natural, em sintonia com o tempo em que se faz presente. Sua preocupação não se reduz apenas a promover cultura e bons espetáculos, mas sobretudo a dialogar abertamente com a cidade ao seu redor e todas as questões que a atravessam.

Enquanto centro cultural orgânico e consciente de seu papel, a Fundição Progresso entende que, tão importante quanto compreender seu passado e sua história, é promover melhores alternativas para o futuro. E, quanto a isso, não restam dúvidas:
O futuro é verde.


Desde a sua concepção, quando Perfeito Fortuna e sua trupe de artistas veio para a Lapa, em 1982, a sustentabilidade é um dos pilares da Fundição Progresso. Não por acaso, plantar árvores e construir uma horta comunitária foram umas das primeiras ações dos artistas que decidiram ocupar o espaço da antiga fábrica de ferros. De lá para cá, as iniciativas ecológicas criaram raízes e se multiplicaram através de atividades, cursos, eventos e das mais variadas trocas de experiências e saberes.

Um dos mais notórios exemplos é o Canto das Flores, localizado na ampla varanda que dá vista para os Arcos da Lapa. O Canto das Flores é fruto da parceria entre a Fundição Progresso e a Organicidade, uma iniciativa focalizada por Alice Worcman e Daniel Gabrielli, que conecta indivíduos comprometidos em uma rede, re-significando valores e saberes para transformar a realidade urbana em busca de harmonia através da existência consciente e inserida na natureza. O espaço é um laboratório de experiências colaborativas em permacultura urbana e tem como proposta ser um lugar de inovação em agroecologia, bioconstrução, arte e sustentabilidade na cidade. Propõe a reconexão com a natureza através da agricultura urbana e suas relações com os espaços públicos e privados, promovendo a biodiversidade por meio de uma coleção dinâmica de plantas nativas, exóticas, espontâneas, medicinais, alimentícias convencionais e não convencionais.

Essa colaboração deu origem, dentre outras coisas, ao cultivo do Jardim Olho D`Água, um jardim regenerativo criado através da realização de sistemáticos mutirões de plantio na Praça Cardeal Câmara, nos Arcos da Lapa, após a descoberta de um olho d'água no local - resquício da antiga Lagoa do Boqueirão, aterrada em 1799 para a construção do Parque Passeio Público. Desde então, o solo de um local em que antes o cultivo era inimaginável, está se recuperando e alterando a própria relação da cidade e seus habitantes com o local.

A preocupação da Fundição com o desenvolvimento sustentável está presente também na sua forma de promover arte e cultura. Projetos para captação da água da chuva, a utilização de placas solares para captação de energia estão em curso. Através do projeto Light Recicla, a Fundição ofereceu mais de 23.000kg de resíduos para reciclagem apenas em 2018, contribuindo para a economia de 58,09 MWh de energia elétrica - suficiente para abastecer mais de 3.000 residências na região Sudeste por um mês. Assim como a parceria com o Meu Copo Eco durante os shows, são apenas algumas das práticas adotadas pelo centro cultural.

Desde 2016, a Fundição Progresso promove anualmente o evento Plante Rio, em que pequenos agricultores, estudiosos, palestrantes e entusiastas da agroecologia se reúnem para troca de saberes, experiências, conhecimento e produtos. O evento já contou com a presença de figuras como o líder indígena Ailton Krenak, e o precursor da agricultura sintrópica, Ernst Gotsh. Em uma das edições do Plante Rio foi lançada o Pequeno Guia Prático de Agricultura Urbana, uma cartilha ilustrada de educação sobre práticas de plantio nas cidades, desenvolvida a partir da experiência coletiva nos mutirões de cultivo do Jardim Olho DÁgua, disponível para todos gratuitamente no site http://www.guiaagriculturaurbana.com.br/

Em constante movimento e sintonizada com o espaço e o tempo em que se faz presente, a Fundição Progresso está sempre de portas abertas para o futuro.

A preocupação com a sustentabilidade e o meio ambiente está em seu DNA, e a Fundição Progresso espera continuar multiplicando esse pensamento através de todos aqueles que, em algum momento, se mobilizaram para ajudar em mais essa luta.

A Fundição Progresso agradece.

E o Planeta também.

EM

UM ANO

COLABORAMOS COM...

+ DE 20 MIL

quilos de resíduos para reciclagem Abastecendo + de 3 mil residências com energia elétrica.